terça-feira, 5 de outubro de 2010

Viva a República!

Comemoramos hoje o 100º aniversário da implantação da república em Portugal.
Embora respeitando as opiniões e as posições dos monárquicos, sou no meu intimo convictamente republicano e tenho por isso motivos para hoje celebrar esta data em que o regime republicano veio substituir uma monarquia que há muito se divorciara do país real e que com frenéticas mudanças de governo, demonstrava não ter já projectos ou soluções para o país.
Também não foi fácil o percurso da república mas com a monarquia em Portugal, não acredito sinceramente que estes últimos cem anos pudessem ter sido melhores.
Apesar de todos os pecados e defeitos do regime, sinto-me confortável por de cinco em cinco anos, ser chamado a manifestar a minha opinião relativamente à primeira figura do estado, e muito dificilmente poderia aceitar que essa liderança fosse entregue por herança a alguém, independentemente da minha vontade e da dos outros cidadãos do meu país.
Acredito pois na república e acredito que ela carrega os princípios que nos farão crescer como nação: liberdade, respeito pela pessoa humana e pelas diferenças, igualdade de oportunidades, etc.
Acredito firmemente que mais importante que a genealogia, é o mérito que deverá ser o principal critério na avaliação de alguém.
Mas há ainda muito a fazer para que este segundo século da república seja marcante e positivo para todos.
Assim haja vontade.
Viva a república!

1 comentário:

  1. Não vivi no tempo da monarquia, portanto, é-me difícil avaliar o que seria se tivesse vivido então. Sei que as mulheres não eram bonitas, pelo menos as rainhas. Confesso que também não gosto das mulheres desenhadas pelo Picasso, e nessa época já vivia. Se me perguntarem pela pré-história, também tenho dificuldade em comentar porque não me lembro se lá estava na altura própria. Agora quanto à República, essa já conheci. às vezes gosto, outras não gosto, tem dias. Desculpem, acabo de me lembrar: quando o Mários Soares reinou, ainda era a Monarquia?

    ResponderEliminar