domingo, 21 de novembro de 2010

Até que enfim!

O Papa Bento XVI tornou-se o primeiro Papa a “tolerar” o uso do preservativo, nas situações em que esteja em risco a saúde, evitando o contágio de certas doenças sexualmente transmissíveis nomeadamente o VIH-SIDA.
Saúdo a decisão mas não posso deixar de lamentar o tempo que demorou até chegarmos aqui.O tempo aqui representou muitas vidas e muito sofrimento.

Sem comentários:

Enviar um comentário