sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

É Natal!

Hoje é Natal.

Hoje é Natal e eu sei que voltarei sempre aqui para celebrar a vida, na festa da consoada com os que são e fazem a minha vida, os presentes, os ausentes e aqueles que tendo partido, o meu amor tornará eternos na minha memória.

Hoje é Natal e jamais deixarei de vir aqui aquecer-me na fogueira desta esperança renovada de um ano que se entrega a outro feito de expectativas e sonhos.

Hoje é Natal e preciso deste encontro comigo para que no presépio dos meus dias possa emergir a estrela que por cima das minhas riquezas e misérias, por cima da minha verdade, do nada me faça ver um caminho, o caminho.

Hoje é Natal. É vida. É dor feita alegria, tormenta tornada bonança, esperança arrancada ao desespero, é justiça, paz e tudo o que vale a pena.

Hoje é Natal e eu acredito que em mim como em Belém, nasceu e nascerá sempre Jesus.

2 comentários:

  1. Não sou acólito da Igreja, nem professo uma religião em especial;
    Não tenho motivos, dignos de registo, para festejar efusivamente esta data, essencialmente religiosa;
    Não quero acreditar que os portugueses que eu conheço, pratiquem o bem nestes dois dias e depois se esqueçam de o fazer nos restantes 363;
    Não me resta muito mais em que acreditar;

    Mas ... a tradição ainda é o que era e, nesta data, é usual desejar as Boas Festas aos amigos.
    Por isso:

    Boas Festas para todos vocês, com saúde e boa disposição.

    ResponderEliminar
  2. No Natal temos sempre motivo ainda mais forte para estar junto dos que nos são queridos. No natal temos sempre mais motivo para voltar a nascer e com isso alterar coisas na nossa vida. Jesus nasce em nós e ajuda de facto a que tudo se torne realidade. Nalal de quê? De Quem? E dos que o não têm? Este ano vou por aqui!

    ResponderEliminar