terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

FESTIVAL RTP DA CANÇÃO / 3 de Março

Não importa COMO TUDO COMEÇOU, mas por certo FOI MAGIA, esta ideia de convocar poetas e CHAMAR A MÚSICA, para que no inicio de Março, quando ainda vem longe o VERÃO mas a primavera já espreita e por isso brilha o SOL DE INVERNO, ocorra a FESTA DA VIDA, o espaço de todos os SONHOS MÁGICOS que é o Festival da Canção, para muitos e para mim, UM GRANDE GRANDE AMOR.
Faz-se SILÊNCIO E TANTA GENTE espera pelo Eládio e pela Zanatti, para que ELE E ELA venham dar inicio à competição, sempre na certeza de que por aqui A LUTA É ALEGRIA e de que no final, ANTES DO ADEUS, SEMPRE HÁ SEMPRE ALGUÉM, que com mais ou menos PLAYBACK, consegue vencer e gritar BEM BOM.
A canção vencedora poderá ter um ritmo intenso como que a convidar-te:
- DANÇA COMIGO!
Ou então ser ESTA BALADA QUE TE DOU.
Esses pormenores são COISAS DE NADA porque o que importa é que ganhará sempre o canto da nossa LUSITANA PAIXÃO, o choro da SENHORA DO MAR, o folclore de DAI-LI-DOU e das danças de roda de TODAS AS RUAS DO AMOR, o canto das serras, do menino e da MENINA que de vento e verde compõem UMA FLOR DE VERDE PINHO, o aroma do milho na festa da DESFOLHADA, o fado triste e da saudade do marinheiro que d’ ESTE BARCO À VELA procura unir os mundos de BAUNILHA E CHOCOLATE, o canto romântico do correr dos rios e ribeiras que são hinos de AMOR DE ÁGUA FRESCA, o canto do campino e do forcado na TOURADA da nossa bravura…
E mesmo quando O VENTO MUDOU, E DEPOIS DO ADEUS a um velho tempo, A CIDADE ATÉ SER DIA se preparou para uma nova MADRUGADA, nunca esmoreceu o nosso canto festival porque a felicidade nasce do saber que HÁ DIAS ASSIM e no meu caso, confesso-vos, eu SÓ SEI SER FELIZ ASSIM.
E quando chega Maio, com PORTUGAL NO CORAÇÃO, partimos para a vitória na Europa com alma de CONQUISTADOR e com a esperança que grita:
- DEIXA-ME SONHAR, SÓ MAIS UMA VEZ.
Fazemos uma ORAÇÃO a pedir sorte, olhamos o júri como que pedindo:
- NÃO SEJAS MAU P’RA MIM!
E acreditamos sempre que será desta que os doze pontos nos levarão para lá do sonho do SOBE SOBE BALÃO SOBE.
O MEU CORAÇÃO NÃO TEM COR, tem fé, garra e música, tem a perseverança de que VOLTAREI sempre aqui para cantar Portugal.
E se um dia EU TE PUDESSE ABRAÇAR, vitória?
PENSO EU TI, EU SEI que é difícil, mas também sei que um dia chegaremos lá ao ponto foz e porto de abrigo ONDE VAIS RIO QUE EU CANTO, neste canto, verdadeiro rio de música chamado festival.

3 comentários:

  1. Um autêntico festival de palavras. Gostei muito

    ResponderEliminar
  2. Mas que exercício de memória!

    ResponderEliminar
  3. E pena a nossa musica nao ficar bem clasficado ,grandes vozES tem passado pelos palcos grandes temas com exmplo SENHORA DO MAR(tem uma letra linda , onde diz poe exemplo mar que tira vida a tanta gente e ningUEM o ve chorar)
    Temos outra letra fora de serie da Nossa grande Maria guino troca a minha vida por um dia de ilusão
    parabens
    parabens adorei
    menino do panasco

    ResponderEliminar