quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Viver

Partir ou ficar?
Sim ou Não?
Rir ou Chorar?
Querer ou não querer?
Persistir ou desistir?
Continuar ou parar?
Falar ou calar?
Dar ou reter?
Do entrançado das decisões e das escolhas, se tecem os dias e acontece viver, nesse tear em que se processa o confronto perpétuo entre a chama da emoção e o rigor frio da razão.
Sem normas ou procedimentos, da indecisão, da dúvida, da incerteza, se alimentam os sonhos e se nos nascem as asas de acreditar que o futuro sim, será tudo aquilo que quisermos ser.
Mais longe ou mais perto?
O paraíso é sempre o lugar onde queremos estar.
Pela verdade de nós mesmos devemos ir sempre, matando pela coerência para connosco, os certos ou os errados que se nos apontem.
E a verdade é a alma.
E a inspiração será sempre o amor.

3 comentários:

  1. De escolha em escolha, de encruzilhada em encruzilhada,por caminhos ás vezes tortuosos,outras vezes calmos... mas sempre na certeza que a nossa inspiração e a nossa verdade estão ao nosso lado para chegarmos juntos ao paraíso.

    ResponderEliminar
  2. Quanto mais se vive, menos se sabe por que se vive.
    Afinal viver é a coisa mais rara do mundo - a maioria das pessoas apenas existe.
    Tita

    ResponderEliminar