domingo, 13 de maio de 2012

A laranja nº 200

Esta é a 200ª laranja produzida neste Pomar e por isso quero torná-la especial.
Sumarenta e mais doce que todas as demais, produzo-a directamente para todos vós, os meus queridos amigos, agradecendo por ela e com ela, a vossa amizade, companhia e presença que deu sentido a estes dois anos feitos de partilha, de comentários, escritos ou não, de palavras mais ou menos envergonhadas, dois anos de sentimentos expressos por lágrimas, saudade e risos, dois anos cheios de muitos e bons incentivos e de algumas e legítimas críticas. Será sempre a diversidade a alimentar e a garantir a riqueza da humanidade.
Dois anos em que consegui o que mais queria: estar junto de vós, alimentar os meus dias da vossa amizade e reforçar os elos fortes que a vida, de forma privilegiada, nos ofereceu para que nos mantivéssemos unidos.
Só pela vossa amizade foi possível manter e reforçar as memórias, não deixar morrer a história, da terra, dos nossos e de todos nós, foi possível pensar e repensar o presente, sempre no sentido de sonhar o futuro, que não poderemos nunca desistir de tornar maior e melhor do que tudo.
Porque é esse o nosso inevitável destino, e porque a esperança e a fé a isso nos obrigam.
Pomar das Laranjeiras ou dos Amigos, o encontro da orgulhosa família dos eleitos dos meus afectos.
Estarei sempre por aqui. Prometo-vos e ofereço-vos esta certeza.
Mas contando sempre convosco.

7 comentários:

  1. Parabéns pelo 200º post.
    Como dizes eles fazem-nos refletir, recordar, saborear e sentir momentos passados, presentes e do futuro...
    Bem hajas!!!!!!!

    ResponderEliminar
  2. Obrigado pelas 200 sumarentas laranjas do Pomar. Podem não ter vitamina C mas são o melhor tónico para a alma.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Francisco por nos brindares com as tuas excelentes crónicas.Bem hajas.Um grande abraço

      Rui Miranda.

      Eliminar
  3. Parabéns mas eu quero muito mais
    RUI PEREIRA

    ResponderEliminar
  4. Olá Joaquim, 200 laranjas doces, é obra. Vou ficar à espera das próximas 2.000. M.Costa

    ResponderEliminar
  5. Espero que continues a publicar no Pomar como até aqui porque enche o coração e a alma de quem lê.
    Obrigado amigo por alimentares este Pomar que tanto tem de ternura.
    M.Pereira

    ResponderEliminar