segunda-feira, 19 de março de 2012

Artur

Nasci por ti e de ti, e continuo a nascer sempre que o meu olhar repousa no teu e bebe desse afecto infinito que é a expressão do amor perfeito e maior do universo.
Cresci apoiado em ti, no conforto dos teus cuidados, sob a tua atenção constante e com a tua presença segura que foi rocha, alicerce e raiz do meu ser feliz.
Ensinaste-me o inquestionável valor da liberdade e da responsabilidade que nos fazem ser Homens, treinaste-me nos valores nobres no ser e provaste-me como é vã e oca a triste ilusão do ter.
Meu exemplo, meu inspirador e meu mestre da vida.
Pelo amor que te tenho, não sei onde um de nós acaba e o outro começa, nesta intimidade de vidas entrelaçadas não apenas pelo sangue, mas sobretudo pela história e pelos sonhos que alimentam o futuro que não desistimos nunca de planear longo.
Mas sei que tudo é melhor e diferente porque te tenho hoje e te tenho em todos os meus dias.
Muito obrigado por tudo, e sobretudo, por seres o melhor pai do mundo.

2 comentários:

  1. Esse é um lindo poema feito por uma pessoa muito inspirado,e com muito amor e dedicação especial para todos os pais, um presente especial para essa data tão importante onde podemos homenagear a figura paterna.
    Que bom e ter pai
    RITA PEREIRA

    ResponderEliminar
  2. Que bonito poema este dedicado ao pai, que não há amor igual.
    Uma prenda original de dedicar um poema aos pais.
    Gostei.
    M.Pereira

    ResponderEliminar