domingo, 28 de julho de 2013

Uma campanha (demasiado) alegre

Boa gente aqui estou, sou candidato,
Homem recto, de palavra e acção.
P’ra política com talento inato
Grande sucesso em qualquer eleição.

Bem melhor que todos que aqui estão,
Do desenvolvimento sou um motor,
Garanto-vos quatro anos de paixão,
Muita entrega total, muito amor.

Não vos prometo o sol ou a lua,
Eu sou muito honesto desde rapaz,
Mas um ecoponto em cada rua,
De isso, já sou eu muito bem capaz.

Excursões às grutas, dias na praia,
Bailes, operações às cataratas,
Tony Carreira, consultas da Maya,
Piqueniques, fruta, atum em latas.

Muitas festas de Natal ou de verão,
Carnaval com corso e rei de fora,
Muito folguedo, banda e procissão,
Tudo a matar o mau de agora.

Darei assim o melhor presidente,
Um sucesso, um candidato de truz.
Para vos garantir um bom presente,
Por favor, no meu nome ponham a cruz.


Meus amigos descansem: não sou candidato. Foi apenas a campanha que me inspirou a estas rimas. 

1 comentário:

  1. ATRAVES DESTAS PALAVRAS O ESCRITOR DIZE TUDO NAO SENDO PRECISO MAIORES COMENTARIOS
    PARABENS
    RUI

    ResponderEliminar