terça-feira, 17 de setembro de 2013

O que é um poeta?

O que é um poeta?

Um menino?
Um insurrecto?
Um tonto alucinado?
Ou um inquieto e irracional cavaleiro à conquista de impossíveis?

O que é um poeta?

Um alcoólatra?
Um inconsequente?
Um sonhador?
Ou um excêntrico sem domínio sobre uma força que o faz querer ser diferente?

O que é um poeta?

Um artífice de palavras?
Um mestre de sensações?
Um rei?
Ou um triste e errante vagabundo entregue à conquista de uma simples côdea de pão que lhe alimente o ser?

O que é um poeta?

Talvez tudo isso
Ou
Apenas eu

Eu
Querendo-te assim
Infinitamente
Tão vazio de mim
E alimentando-me do céu que me dá o azul do teu olhar
Descoberto na noite tão fria em que a neve cobriu a serra

A noite do amor
A noite de ti
A noite
Afinal
De toda a poesia

1 comentário:

  1. ...um mestre de sensações com um artificie enorme de palavras...:)
    P

    ResponderEliminar