terça-feira, 6 de maio de 2014

Mc Lusitânia

Depois da "Mc Bifana", do "Mc Caldo Verde", e mais recentemente do "Mc Prego", é de prever que o processo de "Mequização" da Lusitânia e dos seus ícones possa continuar com a criação da "Mc Alheira", o "Mc Pão-de-Ló", a "Mc Queijada de Sintra", a "Mc Sardinha Assada", o "Mc Bacalhau à Brás" e até as "Mc Favas com Chouriço".
Será na altura em que possivelmente já poderemos encher os copos e beber com a ajuda de uma palhinha descartável, um “Mc Tinto Carrascão”, um “Mc Branco Fresquinho”, um “Mc Vinho Verde” e até uma “Mc Jeropiga”.
Para o final um “Sundae Ginjinha de Óbidos” com molho de chocolate.
Tudo indica no entanto que este fenómeno não se restringirá à gastronomia, sendo possível que do novo programa da TVI, "Rising Star", possa sair uma "Mc Amália" especialista em "Mc Fado", música em que ao jeito das bifanas pré-mastigadas, a guitarra Portuguesa é substituída por um banjo que lhe oferece um toque country.
Não é de estranhar que nas festas de Santo António, em Lisboa, algum bairro popular possa trocar o cravo pela garrafa de Coca-cola espetada no manjerico, possa convidar a Dolly Parton para madrinha e substituir o grito tradicional por "a minha Mc Marcha é Mc Lindaaaaaaa".
E a tradicional quadra poderá ter o patrocínio da marca de hambúrgueres e dizer algo do género:
Anthony my dear friend
You are a saint and a star
To be Mac it’s a new trend
So fashion, magic and popular
No futebol não se admirem se surgir um “Mc Ronaldo” (servido em menu com a Mc Irina), um “Mc Mourinho” e até um “Mc Jorge Jesus”, sendo que este último, e por ser um pouco indigesto, será servido em pacotes com doses individuais ao estilo dos “Mc Nuggets”.
Convenhamos que há limites para tudo e um prego, tal como uma bifana, tem de ser comido numa tasca com todos os aromas que merecemos, e jamais servido por uma rapariga de touca e com o pin de um palhaço espetado na lapela que em vez do tradicional “boa tarde amigo, então o que vai hoje?” nos diga numa voz metálica “olá, bem-vindo à Mc Donalds”.
É contra-natura embora explique esta ânsia de ensinar Inglês às criancinhas que nem Português sabem.
Assim, força com a campanha “Salvem o prego das nossas tascas” e não nos deixemos “comer” por parvos.
Please.
Isto é, por favor.

1 comentário:

  1. Olha que o Sundae Ginjinha de Óbidos com molho de chocolate, ficou-me no Goto! ;)

    ResponderEliminar