sexta-feira, 11 de julho de 2014

Campeões do mundo

Por tanto “ir à bola contigo”, sei que temos tudo para derrotar os adversários e assegurar goleadas em todos os desafios que se nos coloquem no “campeonato”.
Sempre depois de termos cantado juntos os “nossos hinos”… e de mão dada.
Sem grandes (nem pequenas) penalidades, e também sem prolongamentos, que todo o tempo será pouco para fazer a festa dos abraços e dos beijos, no relvado, nas praças das cidades, nas rotundas, nos cafés… ou em qualquer outro sitio.
O segredo?
De olhar certeiro para o mesmo objectivo, visão de equipa, motivação, alma, coração (este então…), entrosados e com um perfeito plano técnico-táctico, desenharemos jogadas “infernais” que nos levarão sempre a gritar e a festejar golo.
“Em cantos”, muitos, e com eles a aproximação à “baliza” que aumenta a eficácia.
Livres, mesmo com barreiras cerradas à nossa frente, mas sempre directos… ao golo.
Fora de “jogo”?
Só quem esteja contra nós.
Faltas?
Seremos superiores às rasteiras, aos empurrões e às ilegalidade dos nossos adversários, tentados tantas vezes a meter a mão à bola (e às vezes até o nariz… onde não são chamados).
Também poderá sempre acontecer que algum juiz nos apite por considerar que estamos fora das regras e das leis do “jogo”, poderá até mostrar-nos um cartão amarelo ou um vermelho, mas não há problema; a inferioridade numérica nunca conseguirá anular a motivação e a qualidade do “jogo”.
De tão unidos pareceremos sempre mais, e seremos sempre mais fortes do que todos os adversários.
Onde estiver um de nós, estaremos sempre os dois.
E nas bancadas sorrirão os amigos aplaudindo e fazendo a claque que nos empurra para a vitória.
Treinadores?
Os mestres da nossa fé.
Comentadores?
Digam o que disserem nós seremos mais fortes do que as suas meras palavras.
Transferências?
Por dinheiro nenhum nem mais nada deste mundo, tu serás sempre a minha selecção.
Juntos…
Sei que cruzaremos todos os “quartos” que a vida nos vier a oferecer, iremos até partilhar as “meias”, e chegados à final seremos campeões do mundo.
Só pode…

Sem comentários:

Enviar um comentário