quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

2014 – Com a força de um recomeço

É ano novo…
Breve detalhe do calendário, que o tempo novo fazemo-lo sempre nós olhando os dias com energia, força, querer e fé.
Mas aproveitemos a inspiração do calendário e temperemos esta manhã com a convicção de um recomeço no propósito de um tempo novo e muito melhor.
Assim…
Não travemos jamais os abraços, não matemos o impulso de um beijo, não calemos as palavras todas que a alma nos imponha aos lábios e aos olhares, não esmaguemos os sorrisos… ou as revoltas, não privemos os outros do calor das nossas mãos, não deixemos órfão um pôr-do-sol, não deixemos vazio o areal que nos peça a marca dos passos lado a lado, não façamos rimar os sonhos com “impossível”, não deixemos que uma lareira arda sozinha sem que sobre o crepitar da lenha pronunciemos “amor” olhando nos olhos a quem amamos…
E vivamos cada segundo com a intensidade que ele merece.
Afinal, no detalhe de um segundo se ganha ou se perde toda uma vida.
Às vezes é numa conversa tonta sobre a neve que se descobre o amor e é num fim de tarde igual a tantos outros que se vive o melhor e mais mágico momento de amor de toda uma vida.
Por isso vivamos 2014 e cada um dos seus irrepetíveis segundos com a força inabalável de um recomeço, com a garra de ser feliz.
Votos de um inesquecível e fantástico Ano Novo.

Sem comentários:

Enviar um comentário