segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Que idade temos...


Que idade temos no instante de cumprir um sonho de rapaz?
Talvez todas as idades, ou quiçá sejamos imperadores coroados pelo melhor de todas as idades…
O mundo fica aos nossos pés e a rosa-dos-ventos é um detalhe de pedra incrustado num tapete de tijolo que o universo teceu para nós.
Trouxemos da vontade e da beira-rio, o abraço que hoje é percorrido pelo vento que ateia de ondas as copas centenárias dos olivos.
O mesmo vento que bebe a paz das ermidas semeadas pelos montes mais altos.
E que importa o norte ou o sul, se eu estou virado para ti e assim me faço acontecer...
Sonhei-te tantas vezes sem saber sequer o teu nome…
Depois damo-nos um beijo, e faz-se tão perfeito o universo que até a lua se esconde para nos deixar adormecer.
  

Sem comentários:

Enviar um comentário