terça-feira, 15 de setembro de 2015

Uma definitiva história



Há um transversal sentido que te faz cruzar comigo todos os segundos
Este amor revestiu de ti cada mais ínfimo recanto do pensamento e da memória

O ranger de uma velha nora insiste em contar o tempo
Enquanto toma da Terra a seiva que mata a sede aos frutos doces do pomar

Segundo a segundo
A água
O pensamento

E nós entretidos a viver uma nova e definitiva história

Sem comentários:

Enviar um comentário